ANÁLISE DO PERFIL LIPÊMICO DE USUÁRIOS DO LABORATÓRIO MUNICIPAL DE ANÁLISES CLÍNICAS DE MARAVILHAS-MG E SUA CORRELAÇÃO COM OS HÁBITOS DE VIDA

  • Weliton Geraldo Lopes Faculdade Ciências da Vida
  • Luciana Lemos Baêta Tanos Lopes Faculdade Ciências da Vida

Resumo

O perfil lipêmico é um importante marcador para a probabilidade do densenvolvimento de doêncas cadiovasculares, probabilidade esta, que é aumentada quando não se pratíca atividades físicas regularmente, quando não se tem uma alimentação saudável, dentre outros fatores. Diante do fato o estudo buscou indentificar o perfil lipêmico dos usuários do Laboratório Municipal de Análises Clínicas da cidade de Maravilhas – MG e a sua relação com os hábitos de vida. Tendo como objetivo principal apontar as morbidades relacionadas as doenças cardiovasculares, além de conhecer o perfil lipêmico dos usuários a fim de previnir futuro impáctos deleteres a saúde dos participantes, estabelecendo a influência dos hábitos de vida nesses maus. O estudo teve uma metodologia descritiva, de carácter quantitativo e com um corte transversal, sendo usado um questionário estruturado para a coleta de dados e os resultados das análises bioquímicas do perfil lipêmico dos usuários do laboratório, sendo este feito após previa autorização das partes. A amostra foi de 33 participantes de âmbos os sexos e idades variadas. Quanto aos resultados, verificou-se que, boa parte dos participantes encontrava-se com o perfil lipêmico dentro do recomendado, embora o valor de HDL-c esteja fora do recomendado na maioria dos casos, no que tange o risco cardiovascular os participantes foram classificados como categoria intermediária, em decorrência da prática de atividades físicas deficiêntes, o consumo de alcool e os valores séricos de HDL-c.
Publicado
2019-03-01
Como Citar
LOPES, Weliton Geraldo; LOPES, Luciana Lemos Baêta Tanos. ANÁLISE DO PERFIL LIPÊMICO DE USUÁRIOS DO LABORATÓRIO MUNICIPAL DE ANÁLISES CLÍNICAS DE MARAVILHAS-MG E SUA CORRELAÇÃO COM OS HÁBITOS DE VIDA. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 6, n. 05, p. 22-38, mar. 2019. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/853>. Acesso em: 26 mar. 2019.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##