AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL E SEU IMPACTO EM MULHERES PARTICIPANTES DO PROGRAMA MEXA-SE EM SETE LAGOAS-MG

  • Rafaela Leal Dias Faculdade Ciências da Vida
  • Jordânia Castanheira Diniz

Resumo

As mulheres são as mais afetadas pela obesidade, um problema que pode ser tratado através de uma alimentação adequada aliada a prática de atividade física regularmente, favorecendo assim a perda de peso saudável. E a Educação Alimentar e Nutricional (EAN) é uma importante estratégia para a promoção de mudanças de hábitos alimentares. A pesquisa tem como objetivo avaliar as atividades de educação alimentar e nutricional como ação para a redução do índice de obesidade das mulheres participantes do programa Mexa-se. É um estudo de campo, quantitativo e descritivo, com um grupo de 55 mulheres adultas, na faixa etária entre 20 a 59 anos. Foi realizada antropometria, IMC e a aplicação de um questionário para obter os resultados. Os resultados obtidos levaram a conclusão a importância da educação alimentar e nutricional no programa Mexa-se, uma vez que seu objetivo é reduzir o número de casos de indivíduos com excesso de peso e suas comorbidades, promover qualidade de vida aos cidadãos, trabalhando de forma preventiva.
Publicado
2019-03-01
Como Citar
DIAS, Rafaela Leal; DINIZ, Jordânia Castanheira. AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL E SEU IMPACTO EM MULHERES PARTICIPANTES DO PROGRAMA MEXA-SE EM SETE LAGOAS-MG. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 6, n. 05, p. 57-76, mar. 2019. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/808>. Acesso em: 26 mar. 2019.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##