A ESCOLA E SEUS MICRO-CIS-TEMA

DE UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA À PRÁXIS TRANS-FORMADORA?

  • Fernanda Dupin Gaspar Faria Faculdade Ciências da Vida
  • Nicolas Leonardo Faria Silva Faculdade Ciências da Vida

Resumo

O principal objetivo deste trabalho é promover a superação das relações de dominação no contexto escolar, amplamente expressos através do sexismo presente de forma - mais ou menos – oculta nos currículos escolares. Considerando que a escola é potencialmente transformadora, é necessário que as práticas pedagógicas cotidianas traduzam os princípios constitucionais de liberdade e equidade. Tomando a problemática de gênero como uma das facetas da dominação, é preciso situá-la dentro de uma conjectura social, política e econômica. Indiscutivelmente, homens e mulheres são diferentes. Tal afirmação, embora óbvia, pode ser um dispositivo para justificar a desigualdade de direitos e as relações de dominação, muitas vezes aprendidas e praticadas na escola, mas que, de forma alguma, permanecem restritas a este espaço. Assim, o presente projeto propõe que através de uma pesquisa-ação sejam desenvolvidas reflexões sobre as práticas pedagógicas relativas às questões de gênero, o que, por sua vez, poderá viabilizar uma nova práxis da educação.
Publicado
2018-05-29
Como Citar
FARIA, Fernanda Dupin Gaspar; SILVA, Nicolas Leonardo Faria. A ESCOLA E SEUS MICRO-CIS-TEMA. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 6, n. Especial, maio 2018. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/792>. Acesso em: 22 jun. 2018.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##