TOXICIDADE DE CEPAS DE BACILLUS THURINGIENSIS SOBRE CHRYSODEIXIS INCLUDENS

  • Jéssica Letícia Abreu Martins
  • Lucas Silveira Garcia
  • Déborah Heloísa Bittencourt Machado Faculdade Ciências da Vida
  • Caio Henrique Vieira Barbosa
  • Fernando Hercos Valicente

Resumo

A soja é considerada uma das principais culturas exploradas no Brasil, mostrando-se bastante expressiva no agronegócio brasileiro e, em virtude de seu alto potencial produtivo, a preocupação em controlar as principais pragas que atacam a cultura mostra-se essencial para manter a produtividade da mesma. Dessa maneira, foram testadas cepas de Bacillus thuringiensis como forma de controle de uma das pragas primárias da soja, Crysodeixis includens, e sua inserção em programas de manejo integrado de pragas. Foi possível encontrar ao final do experimento um material com mortalidade média de 84,57%, a cepa 1145D, a qual pode ser utilizada em estudos posteriores para caracterização das toxinas deletérias nela presentes e, futuramente, poderá ser viabilizada sua aplicação em campo.
Publicado
2018-05-28
Como Citar
MARTINS, Jéssica Letícia Abreu et al. TOXICIDADE DE CEPAS DE BACILLUS THURINGIENSIS SOBRE CHRYSODEIXIS INCLUDENS. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 6, n. Especial, maio 2018. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/782>. Acesso em: 22 jun. 2018.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##