CONTRIBUIÇÕES DA EQUIPE TÉCNICA NO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS

  • Débora Kristina Tussi
  • Sidiane dos Santos

Resumo

O presente artigo trata de um estudo de caso qualitativo e descritivo tendo como coleta de dados uma pesquisa documental e sua interpretação por meio de uma análise de conteúdo sobre as contribuições da equipe técnica, ou seja, psicólogo e assistente social, no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV na atenção básica da política nacional de assistência social, o Centro de Referencia de Assistência Social – CRAS. Este tema evidencia sua relevância na busca de efetivação prática de toda a legislação já construída da Política Nacional de Assistência Social (2004). Conclui-se que apesar dos dados de execução do serviço terem em se modificado com o passar do tempo, o número de técnicos dispendido para dar suporte a essa execução permaneceu igual. O que pode evidenciar as características individuais de perfil dos profissionais, dando espaço a possíveis análises qualitativas futuras como: formação, interpretação da política e características de personalidade. Acredita-se que este estudo possa servir como suporte para a reflexão dos profissionais dispostos à construção de um “fazer” efetivo da política pública.
 
PALAVRAS-CHAVE: Assistência Social. CRAS. SCFV. Equipe Técnica.
Publicado
2018-04-25
Como Citar
TUSSI, Débora Kristina; SANTOS, Sidiane dos. CONTRIBUIÇÕES DA EQUIPE TÉCNICA NO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 6, n. Especial, abr. 2018. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/752>. Acesso em: 22 jun. 2018.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##