Amamentação como método não farmacológico para alívio da dor durante o teste do pezinho

um retrato da experiência de mães e profissionais de saúde

  • Géssica Faria Martins Faculdade Ciências da Vida
  • Milene Silva Rodrigues Faculdade Ciências da Vida

Resumo

Contextualização do tema: A dor é uma sensação sensorial e emocional desagradável, que é vivenciada de forma intensa por recém-nascidos. A amamentação vem assim, auxiliar nos processos álgicos devido a procedimentos que essa faixa etária é constantemente submetida, como o Teste do Pezinho, sendo essa amamentação uma técnica analgésica não farmacológica, humanizada e de baixo custo e que apresenta resultados positivos em relação a dor aguda ocasionada pela lanceta durante o teste. Objetivo Geral: Analisar a percepção de mães e profissionais de saúde quanto a coleta do Teste do Pezinho com e sem a técnica de amamentação. Objetivos Específicos: (i) conhecer os momentos marcantes relatados pela mãe entre crianças que coletaram o sangue para o teste amamentando e as que não amamentavam durante o procedimento; (ii) retratar a experiência dos profissionais de saúde frente ao processo inovador de amamentação durante a coleta do Teste de Triagem Neonatal. Materiais e Métodos: um estudo de natureza exploratória, primário e descritivo, com abordagem qualitativa. A pesquisa foi realizada com 10 participantes, sendo dois profissionais de saúde e 8 mulheres que realizaram o Teste do Pezinho de seus filhos de janeiro a julho de 2017 em uma Estratégia de Saúde da Família de um município do interior de Minas Gerais. A coleta de dados se deu através de entrevistas semiestruturadas, que posteriormente foram transcritas na íntegra e analisadas através da análise temática de conteúdo segundo Laurence Bardin. Resultados: As mães entrevistadas relataram uma grande diferença na expressão do recém-nascido quando o teste foi feito com a amamentação, sem evidência de qualquer sinal que ele estivesse sentindo dor. Conclusão: A amamentação foi então, para o público estudado um método eficaz de alívio da dor, proporcionado aos pacientes e profissionais de saúde a humanização da assistência com procedimentos mais tranquilos e seguros para mães e profissionais e sem dor para os recém-nascidos.
Publicado
2018-04-06
Como Citar
MARTINS, Géssica Faria; RODRIGUES, Milene Silva. Amamentação como método não farmacológico para alívio da dor durante o teste do pezinho. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 6, n. 3, abr. 2018. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/612>. Acesso em: 22 jul. 2018.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##