Avaliação da concentração de formaldeído em formulações para alisamento capilar progressivo utilizado em salões de beleza do Município de Sete Lagoas, MG

  • Adriely Monteiro Lima Faculdade Ciências da Vida
  • Livia Gontijo Loura

Resumo

O formaldeído promove o alisamento da fibra capilar de forma duradoura deixando os fios lisos por mais tempo, e de forma irregular essa prática passou a ser utilizada nos salões de beleza, para esse fim. De acordo com a Resolução nº 15 de 2013, da ANVISA, o formaldeído deve ser utilizado, em cosméticos, apenas como conservante, em concentração máxima de 0,2%. Em razão dos diversos malefícios que essa substância pode provocar a saúde, o objetivo deste estudo foi avaliar se as concentrações de formaldeído presente nos produtos de alisamento capilar progressivo utilizado em salões de beleza da cidade de Sete Lagoas/MG estavam em conformidade com o especificado pela legislação vigente. Foram coletadas seis amostras de marcas diferentes e estas foram submetidas às análises quanto às características organolépticas, análise dos rótulos, teste qualitativo utilizando o reagente de Schiff, e análise quantitativa com base na metodologia proposta pela AOAC (Association of Official Analytical Chemists). Das seis amostras analisadas, todas apresentaram formaldeído em concentrações acima do permitido, sendo que 50% apresentaram 50 vezes mais do que o permitido pela legislação. Destas amostras apenas uma indicava no rótulo a presença do formaldeído em sua composição. Foi observado ainda, a ausência do registro concedido pela ANVISA em maior parte das amostras analisadas. Em relação às características organolépticas foi possível identificar o odor característico de formaldeído em três amostras. Estes resultados demostram a importância de ações mais efetivas sobre o cumprimento da legislação em torno da produção e comercialização de alisantes capilares.
 
Palavras-chave: formaldeído; alisante capilar progressivo; salões de beleza.
 
Publicado
2018-04-05
Como Citar
LIMA, Adriely Monteiro; LOURA, Livia Gontijo. Avaliação da concentração de formaldeído em formulações para alisamento capilar progressivo utilizado em salões de beleza do Município de Sete Lagoas, MG. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 6, n. 3, abr. 2018. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/608>. Acesso em: 23 abr. 2018.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##