PSICOLOGIA SOCIAL COMUNITÁRIA

Fios e Tecituras da Feira de Artesanato e Alimentos do Bairro Cidade de Deus

  • Alice Marques Sales Faculdade Ciências da Vida
  • Fernando Cotta Trópia Dias

Resumo

O presente artigo apresenta uma pesquisa embasada nos pressupostos da Psicologia Social Comunitária a partir da análise da Feira de Artesanato e Alimentos do Bairro Cidade de Deus, nas suas tentativas de desenvolvimento, articulação e implementação de um empreendimento comunitário. Levando em consideração a racionalidade do mundo do trabalho capitalista, em suas incessantes incongruências, buscou-se sistematizar a dinâmica e a vivência das interações do grupo de feirantes frente a lógica do associativismo e cooperativismo, elementos basais para uma iniciativa solidária, na busca por melhores condições de renda e autonomia desta comunidade. Como método de coleta de dados utilizou-se à Pesquisa-Ação a partir do olhar da estagiária-pesquisadora. Pôde-se observar através destas análises, os empecilhos atrelados ao processo da auto-organização e autogestão grupal, em face dos movimentos de alcance de uma maior liberdade, identidade coletiva e resistência frente às relações conflitantes impostas socialmente na luta por melhores condições de vida.
Publicado
2017-12-15
Como Citar
SALES, Alice Marques; DIAS, Fernando Cotta Trópia. PSICOLOGIA SOCIAL COMUNITÁRIA. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 6, n. 1, dez. 2017. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/478>. Acesso em: 16 ago. 2018.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##