MELANCOLIA MATERNA:

ENTRE O FILHO IDEALIZADO E O FILHO DA REALIDADE

  • Cátia Regina Dias Villares de Paula Faculdade Ciências da Vida - SL
  • Yeda Rodrigues Lage Faculdade Ciências da Vida - SL

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo analisar os significados que a mãe de uma criança com espinha bífida e hidrocefalia atribui ao diagnóstico de seu filho deficiente que necessita de cuidados especiais e quais são os enunciados produzidos por esta mãe no setting terapêutico para elaborar a condição de seu filho. Além disto, também nos interessou conhecer os sentimentos desta mãe por meio de um estudo de caso, realizado em uma clínica em Sete Lagoas/MG. A pesquisa caracterizou-se como qualitativa, de caráter exploratório, tendo como fundamentação teórica a psicanálise, pois, propõe analisar os enunciados da mãe ao defrontar-se com uma criança não idealizada. O estudo contou ainda com pesquisa bibliográfica em artigos científicos, dissertações e teses, coletados nas bases de dados eletrônicos Scientific Eletronic Library Online (SCIELO) e Lilacs. Para a análise dos dados coletados, utilizou-se o método de entrevista psicanalítica onde a produção dos enunciados da mãe no ambiente clínico possui aspectos relevantes em relação ao não reconhecimento do filho anômalo. Evidenciou-se que a pesquisa é importante e demonstra por meio de um recorte sistemático, o “estado” psíquico de não reconhecimento da mãe, tornando-se o filho o “retrato” de suas questões subjetivas. Conclui-se que é necessária uma maior mobilização multiprofissional onde o psicanalista contribui à reconstrução da relação mãe-filho justificando a necessidade de ações para amenizar os sofrimentos maternos em relação à malformação de um filho.
Publicado
2017-12-15
Como Citar
DE PAULA, Cátia Regina Dias Villares; LAGE, Yeda Rodrigues. MELANCOLIA MATERNA:. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 6, n. 1, dez. 2017. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/372>. Acesso em: 16 ago. 2018.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##