PERFIL DE RESISTÊNCIA DOS MICRORGANISMOS MAIS PREVALENTES EM UROCULTURAS NO LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS LABORANÁLISE EM SETE LAGOAS, MINAS GERAIS

  • Tatiana Geralda Carvalho Xavier de Oliveira Faculdade Ciências da Vida
  • Leandro Heleno Guimarães Lacerda

Resumo

O ser humano pode ser acometido por infecções bacterianas de diversas natureza e em diferentes partes do corpo. A infecção do trato urinário (ITU) se configuram como uma das infecções mais comuns nos atendimentos médicos, apresentando-se como a segunda mais frequente na população mundial, ocorrendo em mulheres e homens. A etiologia das ITUs e o padrão de resistência dos patógenos isolados, vem sofrendo alterações com o passar do tempo e variando conforme determinadas regiões. A maioria das ITUs é causada por enterobactérias, sendo que a Escherichia coli é o microrganismo mais frequente. O objetivo desse estudo é reunir os dados relacionados ao padrão de  resistência dos principais agentes etiológicos envolvidos na infecção urinária frente aos antibióticos utilizados para o tratamento dessa patologia; avaliar qual a idade e o gênero mais afetado; identificar os microrganismos isolados com maior frequência assim como o padrão de resistência do mesmo. Os dados utilizados nesse estudo foram oriundos do arquivo eletrônico do Laboratório de Análises Clínicas Laboranálise, o período analisado foi de agosto de 2015 a julho de 2016, sendo analisadas 7230 amostras, dessas 1523 foram positivas. Nesse período, o germe isolado com maior frequência foi a Escherichia coli (58,8%). O gênero mais afetado foi o feminino (85,6%) e a faixa etária com maior ocorrência foi a de 18 a 30 anos (24,9%). As enterobactérias se mostraram mais resistentes ao antibiótico Ampicilina seguido das fluoquinolonas de primeira e segunda geração, já os carbapenêmicos se mostraram a classe com menor incidência de resistência. O padrão encontrado de resistência nesse estudo, confirma a importância do desenvolvimento de estudos regionais para conter os principais agentes causadores de ITU e o padrão de resistência dos mesmos.
Publicado
2017-07-17
Como Citar
CARVALHO XAVIER DE OLIVEIRA, Tatiana Geralda; GUIMARÃES LACERDA, Leandro Heleno. PERFIL DE RESISTÊNCIA DOS MICRORGANISMOS MAIS PREVALENTES EM UROCULTURAS NO LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS LABORANÁLISE EM SETE LAGOAS, MINAS GERAIS. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 5, n. 1, jul. 2017. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/159>. Acesso em: 24 ago. 2019.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##