A POSSIVEL RELAÇÃO ENTRE INTOLERÂNCIA E A SAÚDE MENTAL DE MULHERES NO AMBIENTE PROFISSIONAL DE SERVIÇOS GERAIS E EDUCAÇÃO

  • Érica Flaviane Souza Nascimento
  • Juliana Barbosa Da Cruz
  • Luana Beatriz Figueiredo De Oliveira
  • Márcia Paulina De Souza
  • Sheila Aparecida Beraldo Fonseca

Resumo

Este projeto de pesquisa apresentou como proposta demonstrar como a intolerância pode afetar a saúde mental de mulheres que trabalham na área de serviços gerais e na área de educação, como docentes. Essa avaliação é pouco explorada pelas pesquisas científicas recentes, tendo, porém, uma visão sobre o assunto voltado para os cinco principais tipos de intolerância existentes: racial, social, gênero, religiosa e sexual. Portanto, foi desenvolvida uma pesquisa de campo de caráter descritivo, qualitativo e quantitativo, com aplicação de um questionário semiestruturado em 21 profissionais. Tendo como local de pesquisa a instituição acadêmica Faculdade Ciências da Vida, no intuito de analisar a intolerância e a saúde mental das mulheres no âmbito profissional das áreas de serviços gerais e docência. Os dados apontaram que 80% das profissionais entrevistadas sofrem algum tipo de intolerância dentro da instituição, em maior número a intolerância sofrida foi por coordenadores e colegas de trabalho, ocorrendo na maioria dos casos à intolerância ligada a questão social, econômica e de gênero.

Referências

BARATA, R. B. Relações de gênero e saúde: desigualdade ou discriminação? Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2009. Temas em Saúde coleção, pp. 73-94.

BARRETO, M; HELOANI, R. Violência, saúde e trabalho: a intolerância e o assédio moral nas relações laborais. Serv. Soc. Soc., São Paulo, n. 123, p. 544-561, set.2015. Disponível em: . Acesso em: 23 mar.2018

COSTA, C et al. Dossiê Intolerâncias visíveis e invisíveis no mundo digital . Nova/sb 2017. Disponível em: . Acesso em: 23 mar. 2018.

GUIMARAES, CAMPOS, M; PEDROZA, SUCUPIRA, R. Violência Contra a Mulher: Problematizando Definições Teóricas, Filosóficas e Jurídicas. Psicol. Soc., Belo Horizonte, v. 27, n. 2, p. 256-266, ago. 2015. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.1590/1807-03102015v27n2p256>. Acesso em: 23 mar.2018.
Publicado
2019-04-23
Como Citar
NASCIMENTO, Érica Flaviane Souza et al. A POSSIVEL RELAÇÃO ENTRE INTOLERÂNCIA E A SAÚDE MENTAL DE MULHERES NO AMBIENTE PROFISSIONAL DE SERVIÇOS GERAIS E EDUCAÇÃO. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 7, n. Especial, p. 01-05, abr. 2019. ISSN 2525-359X. Disponível em: <http://jornal.faculdadecienciasdavida.com.br/index.php/RBCV/article/view/1178>. Acesso em: 22 set. 2019.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##